Rock In Rio Dia 4 – Metallica

A par de Paul McCartney, foram os Metallica quem mais mobilizou o público mal abriram as bilheteiras.
Ainda há bem pouco tempo a ideia de voltar a ver ao vivo os veteranos do metal era tão desejada quanto longínqua, tal a força com que pairava o fantasma do desmembramento.
“St. Anger”, o novo disco, foi o primeiro trabalho de originais a ver a luz do dia desde 1997, ano de “Re-Load”. Tal como o anterior “Load” (1996), foi mal visto pelos devotos por alegadas promiscuidades pop. A reconciliação viria com o bem sucedido “S&M” (1999), gravado com a Orquestra Sinfónica de São Francisco, que fez renascer em novos arranjos grandes clássicos do grupo norte-americano. Mas não impediu o interregno que se seguiria.

O grupo teve de lidar com o abandono do seu segundo baixista, Jason Newsted (que substituíra o falecido Cliff Burton), com um processo judicial com o Napster e ainda com problemas de dependência. Mas “resistentes” sempre foi o nome do meio dos Metallica. A prova aí está:
uma “rentrée” em grande força, apostada em vincar uma personalidade musical renovada, agora com o muito entrozado Rob Trujillo no baixo.

“St. Anger” tanto um regresso ás origens mais pesadas e cruas como um desvendar de novos roteiros, sem ilusões de repetir o consenso e o estrondoso sucesso do chamado “Black Album” (1991), que abriu os ouvidos do circuito comercial ás sonoridades mais pesadas.
Com mais de 20 anos de actividade, os Metallica estão lançados numa nova vida. Mais do que nunca, transpiram boa forma e convicção por todos os “riffs”. E continuam a ser “a” banda de metal. A prova que se segue é o palco do Rock In Rio.

Para os amantes de Metallica é uma oportunidade a não perder naquele que promete ser o concerto do ano em Portugal com cerca de 100 mil pessoas (Previsão da organização do RIR) aos saltos ao som das mais conhecidas bandas do panorama Rock mundial… EU (não) VOU!! ou melhor… EU VOU (ver na tv)! :P

Xm

1 thought on “Rock In Rio Dia 4 – Metallica

Comments are closed.