Atacado com spam porqu?

SPAMO alerta chegou atrav?s do Feedburner esta manh?, Server returned timed out, o zone41 estava em baixo.
Nas ?ltimas horas tinha a bonita soma de 410 coment?rios de spam, que o Akismet fez o favor de seleccionar para serem apagados.
Agora pergunto como ? que estes pirtatas descubriram o meu weblog e porqu?? Como ? que se escolhe que weblog inundar de coment?rios?

(Este post estava guardado no Tomboy a aguardar que o zone ficasse operacional o que veio a ocorrer h? uns minutos.)

8 thoughts on “Atacado com spam porqu?

  1. Bem vindo ao clube :(
    Eu tinha o Spam Karma instalado, que não deixava passar nem um spam, mas comportava-se de forma estranha por vezes (considerava spam posts normais, sem links nem nada). Também estou a usar o Akismet agora.
    Esse problema tem a ver com os emails, a meu ver. As grandes listas de spam que existem por aí fora têm bases de dados gigantescas de emails. Se um desses email for detectado pelos “robots” deles no teu blog esses bichinhos começam a inundar o blog de spam.
    No blogspot é uma praga autêntica. Nós ainda vamos tendo a possibilidade de nos proteger convenientemente.

    Já agora, quantas vezes é que tens um spam relativo a uns casinos ou o camandro? É que eu já vou em quase 600 e são quase todos dessa treta …

  2. Como descubiram?

    É simples, Google!

    É relativamente fácil colocar um bot (programa em que linguagem quiseres) a ir ao google, pesquisar por (ex) “blog ubuntu linux” e seguir todos os links que o Google retorna.
    A partir daí é a mesma coisa, eles percorrem o teu Blog quase todo à procura de um formulário com o formato igual ao do WordPress.
    Encontrado, enviam valores para o endereço contido no action=””.

    Simples, fácil, irritante.

  3. Há uns tempos, alguém me falou (em comentário no blog, acho eu) de uma certa correlação entre spam e pings ao blo.gs, ou seja, que estes pings potenciam a recepção de spam.

    Eu tenho o Akismet instalado, e ele não me apanha spam nenhum — não uma questão de ineficácia, mas porque os comentários não chegam a ir lá parar; receita (alguma das coisas é capaz de ser ortogonal ao assunto):
    – uma lista de “deny from xxx.yyy.zzz” no .htaccess (uma lista negra)
    – comentários desactivados após 15 dias da publicação do artigo (os spammers atacam primarimente posts mais antigos — tem uma razão de ser muito lógica, é mais eficaz)
    – um plugin chamada Referer Bouncer, para combater referer spam (que, normalmente, é o prefácio para um ataque de spam nos comentários)
    – 3 ou 4 termos muito específicos na blacklist do WordPress (a lista de termos que fazem com que um comentário “vá directamente para a prisão sem passar pela casa ‘Partida’”)

Comments are closed.