(O vento lá fora.)

O Binómio de Newton é tão belo como a Vénus de Milo.
O que há é pouca gente para dar por isso.

(O vento lá fora.)*

Álvaro de Campos, 15-1-1928

This entry was posted in Comunidades and tagged . Bookmark the permalink.


Comments are closed.