Os 60 anos do Dia D

O Iraque os dividiu, a Normandia volta a uni-los. Bush e Chirac. Tamb?m Schroeder, o chanceler do pa?s derrotado. E Putin, Presidente do aliado russo, nunca bem amado. Antes do encontro a 23, logo ? tarde, os chefes de Estado e de governo estiveram em cerim?nias de evoca??o dos seus her?is no dia mais longo da Segunda Grande Guerra.

O bru? das conversas cessou de um momento para o outro. A banda militar canadiana toca, com as suas gaitas-de-foles, “Amazing Grace”. Toda a gente se p?e em p?. Todos, menos William Allan Bacon, James Wodrow Blakeby e uma d?zia de outros veteranos, ali nas primeiras filas, agarrados ?s cadeiras de rodas.
A cerim?nia de homenagem aos mortos canadianos do desembarque da Normandia come?a na presen?a da governadora geral, Adrienne Clarkson, e do primeiro-ministro franc?s, Jean Pierre Raffarin.

?s vezes ?-me dificil identificar o que ? que se festeja nestas alturas… Foi sem d?vida uma das pior planeadas manobras ofensivas da hist?ria b?lica onde at? um simples treino antes do pr?prio desembarque teve um resultado desastroso! :\
O que ? que se comemora?!

Xm

This entry was posted in News. Bookmark the permalink.


Comments are closed.