de rastos

Quando pensava que ia ter um dia calmo, que iria ficar todo o dia na loja, comecei por ir na manhã a Olhão e passar pela Goldra, depois de almoço fui até à Guia não satisfeito passei pela zona industrial de Loulé. Ainda tive tempo de fazer um passeio por Faro até ao mercado, leia-se em vão!
Pelas 20h40m regressei a casa.
Amanhã há mais!

This entry was posted in Work. Bookmark the permalink.


2 Responses to de rastos

  1. Pedro says:

    A ida ao mercado foi para ver em que ponto estão as obras?
    Estão no ritmo certo para Vitorino inaugurar em tempo de campanha para a Câmara

  2. _41 says:

    Nada disso nao trabalho para a CMF!
    Fui acompanhar uns clientes do Porto,… mas não deu em nada, acontece!