Googleplex movido a energia solar e Portugal?

Google’s headquarters in Mountain View, CA will soon become America’s largest solar electric installation on a single corporate site, and one of the largest such projects in the world

A notícia está na Boing Boing datada de 16 do corrente mês.

No portal energiasrenovaveis.com pode ler-se:

Portugal é um dos países da Europa com maior disponibilidade de radiação solar. Uma forma de dar ideia desse facto é em termos do número médio anual de horas de Sol, que varia entre 2.200 e 3.000 para Portugal e, por exemplo, para Alemanha varia entre 1.200 e 1.700 h.

A notícia do Diário Económico já tens uns quantos dias:

a construção da maior central fotovoltaica do mundo, em Serpa

Eu gosto particularmente desta pergunta (ou será da resposta) retirada do Água quente solar para Portugal

Existem incentivos financeiros para a aquisição deste equipamento?
Sim, para o sector doméstico existe a possibilidade de deduzir à colecta no IRS, 30% das importâncias despendidas com a aquisição de equipamentos solares novos, com o limite máximo de 700 euros.
No entanto, este benefício não pode ser acumulável com o crédito habitação.

Legislação sobre a matéria, aqui e aqui sobre o assunto.

Para um leigo em questões de energia em Portugal é desmotivador visitar os sites e ler a legislação, é assim que esta questão vai para a frente?

This entry was posted in Portugal and tagged . Bookmark the permalink.


One Response to Googleplex movido a energia solar e Portugal?

  1. joaon says:

    Não, não é.

    Já não chegavam as barreiras “técnicas” (e financeiras!) Á entrada neste “mercado”, tinham ainda que complicar a coisa em termos fiscais…

    Enfim, resta mandar um CV para a Google. 😉