Nokia E71 – review

Depois de ter estado com ele alguns minutos durante a apresentação da plataforma N-Gage, o toque metálico e profissional que o telemóvel apresenta confirmou-se.

Desde Outubro de 2007 que tenho utilizado o Nokia 61i e posso dizer que o E71 é um grande upgrade a este modelo.

O Nokia E71 é um telemóvel Quad-band GSM /3G com HSDPA, EDGE, GPRS, WiFi, slot microSD e porta mini-USB.
Foi pensado para quem tem o e-mail como companheiro inseparável.
Configurar a conta de e-mail por exemplo a do GMail, é tão simples como ir à pasta do e-mail e adicionar um nova conta e introduzir o nome do utilizador e a respectiva senha de acesso.

Depois é dar uso ao excelente teclado QWERTY, as melhorias também se fazem notar nesse mesmo teclado mais harmonioso e de fácil de utilização.

Via do Infante
A-GPS integrado.

O A-GPS integrado permite sempre saber onde estamos e é sempre uma boa ajuda. Obviamente que um uso exaustivo das funções de GPS reflectem-se no consumo de energia.
A bateria é a BP-4L de 1500 mAh que se comporta muito bem.

Quanto à câmara fotográfica que integra os Nokia E71, não esperem dela grandes prestações, olhem para ela como um bloco de notas. Mesmo contando com um flash, o resultado é mediano, comparado com um Nokia N95.

No que diz respeito ao Wifi as melhorias fazem-se notar quanto a versões anteriores, é fácil e rápido encontrar as redes disponíveis. A rapidez com que actualiza via IMAP uma conta de e-mail é bastante satisfatória.
Quanto à navegação no browser do Nokia E71 ela é rápida e faz com que o acesso à Internet bem agradável.
O software S60 mostrou-se bastante rápido e facil de utilizar.

Como se chamará um Nokia E71 com o ecrã táctil do Nokia 5800?

This entry was posted in Nokia and tagged , , , . Bookmark the permalink.


One Response to Nokia E71 – review

  1. Sofia says:

    Tanta coisa com o iPhone da Apple e afinal os smartphones vendidos pela tmn superaram as vendas do iPhone da Vodafone e da Optimus. Enfim… o iPhone foi um flop!