HTC Magic TMN – três meses depois

HTC Magic TMN

Já passaram mais de três meses que recebi o HTC Magic da TMN para testes e neste momento já posso fazer um balanço pleno sobre este aparelho.
Para atalhar o artigo e se não quiserem ler até ao fim, podem comprar este equipamento, vale bem o dinheiro e as horas que vão passar com ele vão valer bem a pena.

HTC Magic charging 43%

O Android é talvez o software que muitos ansiavam. Poder cruzar num mesmo gadget toda a informação referente aos contactos ditos tradicionais de um telemovel, a conta de e-mail e os demais serviços que vamos estando habituados com a WWW.

No dia em que o e-mail celebra 40 anos, e já se fala numa versão 2.0 do Android ( as administrações da TomTom e Garmin nem devem ter dormido bem a noite passada ), posso-vos dizer que a utilização deste HTC Magic, faz-me lembrar os primeiros tempos com o Ubuntu.
Bastava ir ao Synaptic, digitar o tipo de aplicação e o resultado da procura devolvia umas quantas aplicações.
É assim com o market do Android, tenho apenas experimentado aplicações gratuitas, e em mais de três meses ainda não me fartei de instalar e testar aplicações. Portanto, só por este facto este novo sistema é vencedor. A facilidade e a certeza que podemos instalar esta ou outra aplicação faz desta funcionalidade uma mais valia.
Hoje em dia a utilização dos telemóveis é mais exigente, e o Android acompanhou a tendência. Não é preciso ser um cromo, podemos ir ao market e conhecer que aplicações existem para esta ou aquela função.

Não dispenso o Twidroid, ou o Pixelpipe.

HTC Magic TMN - three months later

Sobre o equipamento em si, conhecia a marca HTC por fabricar muitos aparelhos para a marca mais conhecida que têm a sede social em Mountain View, foi para uma mim uma novidade utilizar um equipamento da HTC. Acho que o ecrã não tem nenhum risco, e não uso nenhuma protecção. Apenas utilizo a bolsa que vinha de origem. Acho que está como novo. O segredo passa por de vez em quando limpar o ecrã como deve de ser com um pano capaz.

Com o GPS activo e o Wifi sempre pronto a descobrir um qualquer ponto de acesso, garanto-lhes que o HTC Magic, não vai terminar o dia sem antes pedir para ser reabastecido com mais energia, acho que este é o único ponto negativo a reportar.
A bateria deveria ser mais generosa, ou o sistema mais eficiente. Só desligando o Wifi e o GPS é que se consegue ter carga para umas quantas horas de conversação e poder chegar a casa para o colocar à carga. A bateria é um ponto a rever. Espero que os próximos modelos tenham baterias mais potentes.

Em termos de tarifário para a Internet no telemovel escolhi o IT Light da TMN, por €5,- temos 75MB de tráfego incluído.

Para uma utilização normal, leia-se e-mail, envio de umas fotos, Twitter e navegar na WWW é mais do que suficiente, mas se abusarem de certeza que irão receber logo nos primeiros dias do mês um e-mail com o aviso que atingiram 90% do tráfego.

O HTC Magic da TMN é um gadget obrigatório para quem quer um telemovel e ao mesmo tempo um aparelho para estar online e que quer tirar partido de muitos serviços do Google de uma maneira especial. Eu fiquei fã.

This entry was posted in mobile and tagged , , , . Bookmark the permalink.


One Response to HTC Magic TMN – três meses depois

  1. Parece-me interessante mas as baterias do novo tipo de telemoveis deixam muito a desejar. Com GPS ou Wi-fi vejo pessoas a carregar o telemovel 2x durante o horario de expediente o que é muito inconveniente.

    Podias mostrar umas fotos tiradas com o HTC Magic 🙂