O novo Google Reader

New Google Reader

Boa parte do tempo que passo a navegar na rede é passada a ler artigos que me chegam através de Rss.
Desde há algum tempo passei a minha lista opml para duas contas, ambas a utilizarem a plataforma Google. Assim ganho portabilidade e não fico amarrado a uma determinada máquina.

Era inevitável a mudança do Google Reader, para o novo template do Google, mas com a mudança perdem-se algumas funcionalidades.
Uma das funções que mais gostava era a de poder ler os artigos que as pessoas que sigo recomendavam. Servem-me de inspiração e dava para ter uma ideia do que estava a ser trending.

Com esta alteração, vou ter de passar mais tempo no Google+, para ter a noção daquilo que está a ser partilhado.
Também será interessante de ver de que forma o Google vai organizar estes links dentro da sua rede social.

Actualização:
O Google Reader foi uma aplicação web oferecida pela empresa Google que tinha função de leitor de feeds (RSS). O serviço caracterizou-se por ter uma interface – GUI – limpa e objetiva, fato encontrado também em outros serviços da empresa. Foi lançado oficialmente no dia 7 de outubro de 2005, graduado em 17 de setembro de 2007 e encerrou-se no dia 1º de julho de 2013 — conforme anunciado[1] pelo Google em 13 de março de 2013. via Wikipedia.

Chrome Web Store – Apps, Extensões e Temas


Est?s a ler este post via RSS, clica para veres o video – Chrome Web Store – What’s inside?

Chrome Web Store - Apps, Extensões e Temas

No seguimento da apresentação do Chrome OS, surge a Chrome Web Store.
A Chrome Web Store é uma loja online onde podemos descobrir milhares de aplicativos, extensões e temas para o Google Chrome.

Google Nexus S

G HomeG Home

Android 2.3 UI – Home | Android 2.3 UI – Home – Menu

RunningPower

Android 2.3 UI – Running | Android 2.3 UI – Power

O Google Nexus S, irá contar como já é sabido de um processador 1GHz Cortex A8 (Hummingbird) e irá ser o primeiro telefone a correr o Android 2.3 (Gingerbread).

O telefone irá estar disponível nos Estados a partir do dia 16 de Dezembro, e a 20 de Dezembro no Reino Unido.
O Google Nexus S será vendido desbloqueado e segundo as especulações que circulam na rede será vendido por $650,00.

O Google não só foi noticia ontem com o lançamento do Google Nexus S, mas também hoje com a apresentação do Chrome OS.

Para mim neste momento a questão é saber realmente quais são os equipamentos que vão continuar a receber actualizações oficiais do Android. Aliás este foi um dos temas na Geek Sessions do passado dia 1 de Dezembro.
Os equipamentos sucedem-se mas as actualizações parece que não se estendem a todos os aparelhos. Compreendo as questões relativas ás especificações de cada um dos varios equipamentos, mas as mesmas não acontecem apenas por questões puramente comerciais?
Não encontro outra razão mais significativa.
Tomo como exemplo o HTC Magic que ficou preso à versão 1.6.