Uso o wordpress mobile plugin

Depois dos coment?rio do Ricardo e dos testes que fiz vou passar a utilizar o wordpress-mobile-plugin do Sr. Andy Moore.

test results

A minha escolha pelo plugin para o WordPress ? por tr?s motivos como dira Angelo Correia:

– Mantemos a mesma url, para quem conhece o weblog ? mais f?cil chegar a ele, mesmo que o mofuse use um redirect impercept?vel na vers?o mobile.
E o contr?rio ? mais f?cil tamb?m, n?o se t?m de fixar mais nenhum endere?o;

– Quem visita o blogue atrav?s dos seu dispositivo m?vel, vai poder comentar os artigos directamente, visto que o mofuse utilizava o feed do zone, n?o sendo isso poss?vel;

– O leitor passa a ter dispon?vel um link para o arquivo do weblog, na pagina de navega??o;

– A utiliza??o do servi?o admob continua a ser poss?vel, bastando inserir a ID no campo para o efeito;

Assim sendo o wordpress-mobile-plugin passa a ser considerado um plugin obrigat?rio para quem t?m weblogs a correr em WordPress.
E quer oferecer uma boa navegabilidade a quem visita o seu weblog atrav?s de um dispositivo m?vel.

Fabrico Prprio – dedicado goludice e ao design

Fabrico Pr?prio

Fabrico Pr?prio ? um projecto multidisciplinar dedicado ? Pastelaria Semi-Industrial Portuguesa e ? sua rela??o com o design, da autoria dos designers portugueses Rita Jo?o, Pedro Ferreira e Frederico Duarte.

O Fabrico Pr?prio ? um daqueles weblogs que ao serem vistos d? logo vontade de ir correr para a pr?xima pastelaria tradicional portuguesa. Comprar bons bolos, n?o pasteis de nata “a metro” ou bolos sem gra?a nenhuma.
?Este projecto ter? como resultado principal um livro de mais de 250 p?ginas, dedicado a este universo e ? sua import?ncia na cultura e sociedade portuguesas, e n?o s?.?

No Facebook
No Flickr | Grupo

Os blogues morreram?

blogging
Fotografia de David Pham.


? com base nestas duas cita??es que escrevo este artigo e desejo abrir um di?logo sobre este tema.

Os blogs morreram., Robert Scoble.

Essa afirmativa parte da defini??o de blogs como voz aut?ntica de um indiv?duo que reflete sobre fatos de sua vida e seus interesses. Segundo Scoble, a profissionaliza??o de alguns blogueiros, a produ??o de posts por equipes de redatores, a contrata??o de jornalistas e a convers?o de blogs em empresas midi?ticas atestariam a fal?ncia da pr?pria concep??o de blogs., Alex Primo.

N?o partilho da ideia que os blogues tenham morrido, apenas se est?o a transformar.
A tal profissionaliza??o de alguns bloggers, pessoas que tendo bastantes conhecimentos de um determinado assunto e escrevendo de uma maneira irrepreens?vel viram uma oportunidade para rentabilizar tais capacidades, e este ? apenas um dos tipos de blogger profissional.
Pessoalmente nestes ?ltimos sete meses nunca editei nem publiquei nenhum artigo desde o local de trabalho, acho que a minha actividade como blogger n?o pode interferir nem acontecer enquanto estou a desempenhar a actividade que me coloca o p?o na mesa. Mas esta penit?ncia ? minha e n?o quero ser mais papista que o Papa, ao faz?-la, acho apenas que n?o devo misturar os dois mundos.

Gostava de saber neste momento como est?o os n?meros no que diz respeito a weblogs activos nas plataformas de weblogs em Portugal, seria interessante saber se continuam a subir, ou se alcan?aram alguma estabiliza??o.
E ser? que vai o Clix ter mesmo uma plataforma de weblogs?

No que diz respeito ? convers?o de blogs em empresas midi?ticas, em Portugal a coisa est? muito fraquinha. Algu?m t?m exemplos?
Sobre as redes de weblogs em Portugal, comparando com Espanha, existe uma diferen?a gigantescas, neste momentol? est?o identificadas, mais de trinta redes de weblogs.
Maior quantidade n?o quer dizer necessariamente maior qualidade.
Eu por mim falo, a produ??o de artigos para o weblog que mantenho na TE ? resultado do tempo livre que me resta.

9 meses de naWeb2

Este weblog trata sobre Web 2.0 e Software Social, os novos servi?os, as novas empresas, os semin?rios, os encontros e o que os media falam sobre a mesma, sempre que poss?vel em Portugu?s.

Tem sido desde sempre esta frase que me tem motivado a escrever o naweb2.
N?o sendo jornalista, o weblog tem de ser encarado de blogger para blogger, com as fraquezas e as vicissitudes que isso pode trazer.
O panorama Web 2.0 Portugu?s tem evoluido e as novidades s?o quase mensais, n?o temos lan?amentos como em S?o Francisco ou outras cidades que agitam a bolha da Web 2.0, mas a coisa avan?a.
Nestes noves meses tenho tido muitas alegrias com a aventura que ? ter um weblog com um tema previamente definido numa rede de weblogs que explora novos caminhos em Portugal.

A minha maior motiva??o continua a de querer dar a conhecer quem faz o qu? em Portugal neste nicho t?o pequeno.
E ainda nem cheguei a falar com toda a gente.

Quanto ? quantidade e periodicidade da publica??o dos artigos, podia ser mais frequente, mas infelizmente n?o o ?, espero melhorar esse e outros pontos.
Sou todo ouvidos para o que tenho de melhorar.

BOBs 2007

thebestofblogs.png

Pelo quinto ano consecutivo os BOB’s est?o de volta, o in?cio da vota??o ser? dia 31 de Agosto.
Boas vota??es.

O que pode ser considerado um weblog?
Um weblog no sentido deste concurso ? uma p?gina de internet que ? atualizada regularmente pelo(s) seu(s) autor(es) e cujos registros s?o apresentados geralmente em ordem cronol?gica, aparecendo no alto da p?gina os registros mais recentes.

Al?m disso, o weblog deve oferecer a seus leitores a possibilidade de comentar cada um dos registros. Em sua forma ideal, os temas principais de um weblog s?o enriquecidos com links para material de apoio.