E amanhã é sábado



donuts

Originally uploaded by carine*.


Estes ingleses continuam os mesmos, estive hoje com um casal pra trás e para a frente, acho que não vai dar em nada, mas até ao lavar dos cestos é vindima.
Estão por cá há três anos e pouco mais sabem dizer que: «boa tarde», «muito bonita», a explicação deles é simples, como 99% dos seus clientes são ingleses não precisam de aprender a falar portugues.
Já conheci um casal Alemão que estava cá há 12 anos e não sabia dizer quase nada.
Entretanto estes donuts caiam que nem ginjas, o almoço foi uma sandes de carne assada, eu já disse á Veronica que aquilo é mais de papel vegetal.

This entry was posted in Geral. Bookmark the permalink.


2 Responses to E amanhã é sábado

  1. Pois .. é uma desgraça. Concordo.

    Mas existe uma outro dinâmica neste situação. Eu tinha que ser bastante persistente aprender falar Português. A minha experiência inclui estas historias:

    (i) “Filho, filho … vem ca fale com a estrangeira”. Nos meus primeiros anos em Portugal, logo que eu abri a minha boca para tentar falar Português o empregado, ou a assistente da loja. chamava o filho para falar com a estrangeira. Eu tinha que pedir a minha compra de um jovem de dez anos a aprender inglês na escola. Só no primeiro e segunda vez tive graça …

    (ii) “Do you prefer we speak English?” Muitos pessoas insistiam falar inglês comigo, mesmo se o meu português era melhor do seu Português.

    (ii) “O que?” Muitos pessoas não tem competência de ouvir Português falado por um pessoa com sotaque. Até hoje, há pessoas que logo que eu começar a falar entrar em incompreensão ou, até, em pânico. Não sabem desenrascar com estrangeiro.

    (iii) Até empregados na mesa acham aceitável interromper para me corrigir (normalmente com o tal masculino/feminino).

    A minha filha, há seis anos, recusou falar Português porque as pessoas de sua idade (17 anos) riam ou não percebiam. Ela fala fluentemente agora – com sotaque tão perfeito que é confundida para … Brasileira. Ela, como eu nos meus primeiros anos em Portugal, aprendeu falar Português com a comunidade Brasileiro. Com ou sem a perceber as palavras os Brasileiros (em geral) conseguiam incluir uma pessoa na conversa.

    Estou em Portugal 13 anos. Não sabia falar nenhum palavra em Português quando chegai. Fico envergonhada e constrangida com os inglesas (e não só) que não falam Português. Mas repito – não foi tão fácil. Foi uma viagem com barreiras. Os Portugueses que mesmo incluem uma pessoa – além de ser anfitriões excelentes aos estrangeiros – não são tão comum. E valorizo estes pessoas como preciosos.

    Thanks for listening 🙂

  2. E mais uma coisa!

    Quantos amigos e colegas me aconselham falar e escrever em inglês e não em português. Infelizmente, dizem eles, em Portugal levamos mais a sério uma inglesa bem inglesa do que uma inglesa que não falar ou escrever Português como os Portugueses.

    So I should have made my comments to your post in English!